Dicas para escrever uma redação nota 10

Data: 22 de Abril de 2019
Professor Luiz Puntel dá dicas para escrever uma redação perfeita
Professor Luiz Puntel dá dicas para escrever uma redação perfeita

Atingir a nota máxima na redação é um dos maiores desafios dos estudantes nos vestibulares e do ENEM 2019. 

Para começar a rotina de preparação, a pedido do Escolha a Escolha, o professor Luiz Puntel, da Oficina Literária Puntel, listou dicas para escrever uma redação nota 10:

  1. Leia atentamente o Manual do Candidato

É fundamental que os candidatos ao ENEM, ou a qualquer vestibular, leiam o Manual correspondente ao vestibular pretendido. Assim, evitam alguns “mitos” ou “fake news” sobre este ou aquele concurso. Nos manuais, está detalhado o que será cobrado: linguagem formal da língua portuguesa. E, jamais, a linguagem informal, coloquial. E isso envolve todos os atributos linguísticos, como correção gramatical, coesão e coerência de argumentos, paragrafação harmônica, uso da pontuação e acentuação, entre outros elementos necessários a um texto convincente.

No caso do ENEM, é cobrada uma competência importante, que vale 200 dos 1.000 possíveis:  a “proposta de intervenção”, que nada mais é do que a conhecida “solução”. Só que esta “solução” deve ser detalhada em (a) agente, o órgão que solucionará o problema dado; (b) ação, qual o ato que será feito para solucionar o problema; (c) o meio, ou seja,  como será feita a ação, e (d) o efeito que a solução, que a intervenção causará no problema dado.

  1. Procure vestibulares anteriores

Além de lerem o Manual específico do vestibular que realizarão, os candidatos devem treinar provas de redação de vestibulares anteriores, facilmente encontráveis na internet. Para isso, é preciso lembrar que prova de redação é prova de “leitura, interpretação e escrita”, ou seja, os candidatos têm que se ater à leitura do tema e da coletânea oferecida, interpretar os dados, as citações, os argumentos ali transcritos e saber tomar partido sobre o problema sugerido.  

  1. Treine bastante

Esta habilidade em “ler a proposta, interpretar o tema e a coletânea e redigir o que é pedido” não acontece por acaso, por milagre, do dia para a noite. É preciso, portanto, que os candidatos se habituem a treinar frequentemente. Redatores competitivos, que obtêm nota acima de 900 de 1.000 pontos possíveis, confessam treinar mais de duas redações por semana. Com isso, sem perceber, já escreveram, durante o ano, sobre temas que provavelmente “cairão” neste ou naquele vestibular. Com minha experiência de 35 anos na área, todo ano vejo isso acontecer. Temas que foram dados em aula, serem pedidos aqui e ali, em grandes vestibulares.

  1. Leia as redações disponíveis

Outra dica importante é ler e estudar redações nota mil, disponibilizadas na internet. O simpático candidato Lucas Felipe, que obteve nota máxima no ano passado, conseguiu reunir o “espelho” de 31 redações nota mil, dos 53 candidatos que obtiveram a nota máxima, e fez uma cartilha, disponibilizando-a de graça aos candidatos deste ano. Basta acessar “Cartilha Redação a mil”, na internet, e se valer deste material para ler, analisar e estudar como os candidatos competitivos redigiram seus trabalhos aprovadíssimos.   

  1. Siga as orientações dos professores

Outra dica, mas não menos importante, é usar a orientação presencial de professores experientes na área. Embora os candidatos possam ser autodidatas, ou seja, estudarem sozinhos, valendo-se de todas as dicas acima, sempre surgem dúvidas e ter o auxílio, a orientação de alguém que tem o olhar do examinador, é fundamental. E, em nossa cidade, temos excelentes cursos e professores.

  1. Dê importância aos estudos

Se vocês ainda não deram à redação do vestibular a importância que ela merece, corram! Ainda dá tempo de serem orientados, de avançarem no domínio do escrever.

Confira a entrevista completa com o professor Luiz Puntel ao Escolha a Escola.