Fundação Educandário completa 80 anos com atendimento a 700 alunos

Data: 22 de Outubro de 2018

Material escolar completo, uniforme, três refeições por dia, atendimento odontológico e acompanhamento pedagógico. Esses são alguns dos benefícios que recebem, de graça, os estudantes da Fundação Educandário “Cel. Quito Junqueira” em Ribeirão Preto. O processo de seleção para as vagas prioriza famílias de baixa renda além de visitas de representantes da Instituição as casas dos candidatos e a proximidade da residência do aluno a Fundação. As inscrições para os futuros alunos são divulgadas no site: www.educandariorp.com.br. Normalmente o processo de seleção começa no final do primeiro semestre de cada ano para as vagas do ano seguinte.

As vagas são dividias em:

120 vagas na Educação Infantil;

300 vagas no Ensino Fundamental I (1º ao 5º ano);

280 vagas no Ensino Fundamental II (6º ao 9º ano).

Trabalho filantrópico começou em 1938

A Fundação Educandário "Cel. Quito Junqueira", foi fundada em maio de 1938. A frente da instituição estava o casal Francisco Maximiano Junqueira e Theolina Zemilla de Andrade Junqueira, a Sinhá Junqueira, que sempre dedicou parte da vida ao atendimento comunitário, principalmente as pessoas mais carentes. Antes, em regime de internato, a partir de 1998, com o Estatuto da Criança e do Adolescente, a Fundação passa a atender crianças em regime aberto. O Colégio Camillo de Mattos deixa de ser mantido pelo governo do Estado e passa a ser administrado pela Fundação Educandário. Além dos ensinos infantil, fundamental I e II, a Instituição ainda tem o projeto “EducaJovem.

O trabalho oferece, também de graça, para adolescentes, de 11 a 17 anos, matriculados em escolas públicas, atividades no contra turno escolar. A manutenção da Fundação “Cel. Quito Junqueira” é feita com renda de alugueis de imóveis de propriedade da família fundadora da Instituição e de juros e dividendos de investimentos financeiros.